quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Fanatismo e afins

Era inverno.

A terceira semana de julho, e acho que era uma sexta feira, para ser exata. 2008.

Estava de férias, em uma cidade que posso chamar de segunda casa: Gramado. Não consegui me conter, e tive de ir na livraria. Era daquelas bem aconchegantes: pessoas bebendo chocolate quente na entrada, o chão de madeira e livros abarrotados por aí. Me dirigi a vendedora: "Acho que o nome é Toillet." Ok, certamente era um nome estranho. Ela me deu em mãos um Twilight. "Crepúsculo. Deve ser este que tu procuras." Dei de ombros. Nem sabia da história do livro. Só havia ouvido falar. Possivelmente falava sobre vampiros os algo assim. Só sei que a capa era linda. Não me entenda mal, sempre julguei livros pela capa, e isso sempre me levou a ótimas leituras. Voltei para casa e, alheia ao mundo ao meu redor, comecei a leitura. As cinco da manhã parei de ler: havia terminado o livro.

Essa leitura desencadeou um fanatismo que eu não esperava. Em uma semana havia lido o resto da coleção (menos o último, que ainda não havia sido lançado naquela época). Foi uma época ótima para mim, pois conheci pessoas que hoje são grandes amigas, e uma certeza que tenho é que terei grandes histórias para contar para, bem, quem quiser ouvir.

Foi bom enquanto era exclusivo. Enquanto eu conseguia olhar no rosto das pessoas e dizer quem já havia lido o livro.

Não sei como aconteceu. Só sei que em um segundo era tudo para mim, e no próximo não importava mais.

Acredito ter aprendido algumas coisas realmente importantes com isso. Fanatismo? É ótimo pra quem vive apaixonada, e ridículo para quem olha de fora.

Vivam, sei lá. Parem de caçar posers. Parem de exibir seus itens de colecionador ou seja-lá-o-que-vocês-tem de seus ídolos. A um ano e meio atrás, eu iria querer apedrejar quem escreveu esse texto cheio de calúnias e difamações.

Hoje eu sei que não tem como tirar lições pelo que os outros contam. Um dia acontece contigo e tu entende.

(PS.: Esse texto não tem objetivo de ofender ninguém, nem de dar lição de moral. Só estou compartilhando um pouco do que vivi. Se você se sentiu ofendido... sugiro que pense um pouco sobre se o seu grau de fanatismo é saudável.)

8 comentários:

  1. Isso resume TUDO sobre o meu ponto de vista relacionado a Twilight.
    Adorei.

    :D

    ResponderExcluir
  2. Concordo perfeitamente. Meu caso com Twilight foi seelhante.
    Na minha cidade o livro ainda não tinha chegado, e fui obrigada a baixar da internet. Tudo isso porque uma amiga minha de outra cidade vivia me falando da história e eu acabei ficando curiosa mesmo.
    A capa também me atraiu muito, vou admitir, e quando eu li não sabia sobre o que se tratava. Só sabia que era um romance. Então quando descobri toda a coisa de vampiros fiquei bem chocada, porque não era o que eu esperava, mas gostei e não foi pouco. E duas semanas depois eu já tinha lido o segundo e o terceiro. Posteriormente o quarto.
    Meu problema veio quando eu soube que fariam um filme, fiquei com o pé atrás, por que eu vi a seleção do elenco e não era muito o que eu imaginava. Foda foi ir ao cinema, me deparar com um filme de baixíssima qualidade, e com todas aquelas meninas gritando pelo Robert Pattinson.
    Parei de gostar de uma hora pra outra, simplesmente porque essas fãs banalizaram totalmente a história. E hoje acho bizarro quem é fanático por Crepúsculo.
    That's life...

    ResponderExcluir
  3. Só vivendo para saber como é. Beijo

    ResponderExcluir
  4. gostei!
    nossa lembro que quando li o primeiro livro da série apaixone pela história fui logo lendo os outros, o ultimo cheguei a ler pelo PC pq não tinha lançado!
    no era fantástico apenas eu conhecia, e num minuto depois todos conheciam e falavam do livro e nesse momento para mim perdeu a graça, porque já não era ago fantástico apenas para mim e sim para tedos, ai fui atras de outros contos e hoje me delicio com cada livro que ninguém ainda leu kkkkkkkkkkkk'

    beijão

    ResponderExcluir
  5. gostei mt *-*' kkkk, tbm sou bem fã da saga twilight, conheçi depois de um tempo mais foi antes dos filmes e etc. mais é uma história bem viciante , eu amo ♥

    ResponderExcluir
  6. estamos sempre num novo recomeço, é fundamental mudarmos nossos gostos. Também já fui vidrada em Twilight, mas já passou.

    bgs

    ResponderExcluir
  7. Te entendo. Muita gente duvida que eu realmente seja uma grande fã do McFly simplesmente por não ter esse fanatismo chatinho que a maioria das meninas têm.

    ResponderExcluir
  8. Eu concordo, comecei a ler crepusculo nas férias de 2008/2009 aqui onde eu moro não tinha chegado o livro e li pela internet, em 3 dias acabei Crepusculo e assim foi os outros livros da série também. Era bom porque não havia o filme, não era modinha, e nem todo mundo AMAVA como é hoje. Mas não sou mais do tipo "Fanatica" por meus idolos, mas assumo que fui muito, principalmente na época de RBD, mas era aquilo que me deixava feliz. E eu fui muito feliz sendo fanática, mesmo que hoje parece que foi perda de tempo. ;/

    ResponderExcluir