sexta-feira, 25 de junho de 2010

Falso Patriotismo


Copa do Mundo. Não sei como funciona em outros países, mas se você mora no Brasil, é impossível viver sem ter sua rotina alterada por causa dela. Escolas modificam o horário das aulas, pessoas deixam de trabalhar e até consultas médicas são desmarcadas por causa dos jogos (falo por experiência própria). Nessa semana, só ouvimos falar sobre a expulsão do Kaká, a eliminação da Itália e as famosas vuvuzelas.

É claro que alguns não conseguem se conformar com toda essa alteração de rotina simplesmente por um jogo de futebol. É aí que começam a falar "brasileiro só vira patriota em época de Copa do Mundo". E metade da nação (aquela mesma nação que adora não ter aula para assistir aos jogos) concorda. Sinto muito, mas não posso dizer o mesmo. Não vou usar aquele antigo argumento do "futebol é a única coisa que o Brasil sabe fazer", porque também não acredito nisso. Ok, talvez paralisar o país inteiro por causa de uma partida de futebol seja algo desnecessário. Um certo exagero. Mas isso não quer dizer nada.

Concordo com o fato de que brasileiros não são patriotas. Onde eu moro é fácil ouvir pessoas dizendo que tem orgulho de serem gaúchas, porém é uma extrema raridade ouvir alguém comentando que tem orgulho de ser brasileiro. Por algum motivo, nosso país foi sendo desvirtuado por seus próprios habitantes, e no fim, ser brasileiro "não vale nada". Difícil será me convencer de que brasileiros viram patriotas apenas pela Copa do Mundo.

Pois os brasileiros que nunca foram patriotas nao viram patriotas nessa época. No dicionário, patriota: "Pessoa que ama a sua pátria e procura servi-la". Não vejo disso na Copa. O que eu vejo são milhares de pessoas torcendo por seu país, vibrando por vitórias, chorando por derrotas. Pessoas que se importam em fazer bem o que sabem que tem capacidade de fazer. Se eu fosse perder um centavo por todos os carros com bandeirinhas do Brasil que já vi esse ano, estaria pobre. Mas para que essas pessoas torcem? Para o time.

Simples assim. Toda essa torcida é para um time. E ao meu ver, isso nao é patriotismo. No momento em que os brasileiros em geral souberem cantar o hino, poderemos chamá-los de patriotas. No momento em que as pessoas começarem a se importar com a política do país, poderemos chamá-las de patriotas. Posso listar mais milhares de exemplos sobre que características tornam uma pessoa patriota, e futebol nunca será uma delas. Saber a escalação do Brasil no próximo jogo não torna ninguém patriota, e sim fanático.

Então, por favor, parem de reclamar sobre esse falso patriotismo inexistente. Antes disso, pensem um pouco sobre o que vocês querem para seu país. Decorem o dia da independência do Brasil, e depois venham me falar sobre patriotismo.

13 comentários:

  1. Ninguém merece. Os horários mudam, as matérias ficam atrasadas, perdemos dias de aulas. Uma bobagem! Bj

    ResponderExcluir
  2. Gostei!
    E concordo plenamente.
    Só acrescentando o quanto às pessoas dão tanta atenção a Copa e simplesmente esquecem que esse ano é ano de eleição, e muitas pessoas nem sabem quem são os candidatos!
    Enfim...Gostei muito mesmo!
    Mercido o pódio!
    ; )
    Beijoss.
    =**

    ResponderExcluir
  3. Sempre que eu venho aqui eu fico assim, de boca aberta.
    É exatamente como e penso.
    A copa não é nada mais, nada menos que um pretexto para o tal "Eu tenho orgulho de ser brasileiro". Basta nosso time perder para que comecem as críticas.
    Não emos mais quem realmente se importe com o país, é sempre um 'quem liga' ou 'é assim mesmo'... Espero que isso mude um dia.

    Parabéns pelo pódio!! Beijundas!

    ResponderExcluir
  4. Adorei, falou tudo. Nem preciso comentar!

    ResponderExcluir
  5. O pior que os brasileiros só querem ser brasileiros em tempo de copa, qual outra época do ano se vê tanto verde e amarelo? faça-me o favor ! --'

    ResponderExcluir
  6. Um país pára por futebol, mas não pára por causas importantes como o meio ambiente.
    Não reclamo da Copa do Mundo, amo assistir ao jogos pq amo futebol, mas acho que poderíamos parar também por outras razões (muito mais importantes). Já teríamos limpado nosso país!

    ResponderExcluir
  7. Textos dissertativos te prendem. Crônicas rulez, e tu disse tudo nesta que escreveste.Patriotismo futebolístico, ou melhor, ufamismo futebolístico é a forma mais patética de homenagear o país natal. Entratanto, sinto mais pena é da parte sul-africana excluída, a qual vive miseravelmente e que nenhuma fez questão de emissora enfatizar. Tão claro é sua imutável condição social quanto a luz que reflete nos vários estádios-elefantes-brancos, tardiamente concluídos e absolutamente obsoletos após a Copa. É uma pena...
    Saudades

    ResponderExcluir
  8. Adorei, e concordo plenamente!

    ResponderExcluir
  9. Júlia, você não estaria referindo-se ao nacionalismo? Creio que há um erro de interpretação de significados no texto.

    No entanto, o texto está ótimo. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Concordei tremendamente com você. E mesmo que não fosse só por futebol, o simples fato de ser temporário para mim já desvirtua o verdadeiro sentido do patriotismo.
    Apesar disso, eu gosto da festa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, como vai? Eu queria convidar você que gosta de escrever - blogueiros ou não - para participarem do projeto "De onde veem as letras?".

    A cada semana são dois desafios: um de leitura de imagens e um outro variado. E a cada semana teremos dois vencedores: um blogueiro e um outro não-blogueiro. E os textos serão publicados no blog: http://deondeveemasletras.blogspot.com/

    Para se cadastrar e saber mais informações visite nossa comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=106177803

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. pooh' meeu . . Muito bom esse seu post'
    você tem jeito para escrever, ficou muito bom. .
    Gostei mesmo D:

    http://leonarrdolima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei teu blog e estou te seguindo, caso queira seguir-me também, veja:http://asvozesdomar.blogspot.com/

    Feliz Ano Novo!
    Abç!

    ResponderExcluir